Destaques
Vídeos 
Fotos 
Premiados 
Discurso de Abertura 
Apresentação VCIT 
Premiados do XIII VCIT 
Premiados Ed. Anteriores 
 
Organização

Gesventure


APCRI

 
Sponsors


IAPMEI


APCRI




 
VCITs Anteriores
VCIT 2013
VCIT 2012
VCIT 2011
VCIT 2010
VCIT 2009
VCIT 2008
VCIT 2007
VCIT 2006
VCIT 2005
VCIT 2004
VCIT 2003
VCIT 2002
VCIT 2001
DISCURSO DE ABERTURA



XIV VCIT

09/12/2014

DISCURSO DE BOAS VINDAS



Exmo. Senhor Presidente da Sociedade Portuguesa de Garantia Mútua, Dr. José Fernando Figueiredo

Exmo. Senhor Presidente do Banco Popular, Dr. Rui Semedo,

Senhores Oradores convidados,

Caros Investidores e Empreendedores presentes,

Caros Amigos,



Começo por dirigir uma palavra muito especial de agradecimento ao Senhor Presidente do IAPMEI, Professor Miguel Cruz, e ao Senhor Presidente da Sociedade Portuguesa de Garantia Mútua, Dr. José Fernando Figueiredo, entidades que, desde a primeira hora, decidiram associar-se à Gesventure na criação das condições que permitiram a realização desta Iniciativa.

Não posso deixar ainda de agradecer ao Senhor Presidente do BANCO POPULAR, Dr. Rui Semedo, a quem deixo o meu manifesto agradecimento pela pronta disponibilidade evidenciada em ceder, pelo terceiro ano consecutivo, o Auditório do Banco Popular para a realização deste Evento.

Comemoramos hoje a 14ª edição do VCIT, e com ela a consumação de 14 anos a cultivar uma cultura de compromisso com a Comunidade Empreendedora Portuguesa.

Tem sido à custa de uma cultura de compromisso que a Gesventure tem conseguido mobilizar esforços e vontades para atingir o grande propósito de conferir ao Ecossistema Empreendedor nacional a dimensão merecida.

Mas esta cultura de compromisso implica muita persistência e – diria mesmo – muita teimosia.

A persistência e a teimosia de quem tem a esperança de um tempo novo, com mais desenvolvimento económico e melhor futuro para as nossas empresas.

Na Gesventure, sempre tivemos plena noção que a esperança constrói-se com muito e muito trabalho. Sabíamos, desde início, que sem ele, jamais conseguiríamos resultados.

Sabíamos que seria um pouco como o curso da água na natureza.

A água acaba por encontrar sempre o seu caminho. Procura as fendas quase invisíveis, e depois trabalha pacientemente na pedra sólida até conseguir transpô-la.

Tem sido assim o percurso da Gesventure nestes 15 anos, encontrar pequeníssimas brechas que permitam eliminar barreiras ao crescimento do Ecossistema Empreendedor nacional, com a perfeita noção de que por vezes uma pequena rutura pode fazer desmoronar uma enorme barragem.

É por isso que achamos que vale a pena continuar a reunir os diversos atores do Ecossistema Empreendedor – cada um com a sua vocação muito própria – num espaço único e transversal, para debater as barreiras que é preciso eliminar e as tão necessárias mudanças estruturais de que a nossa economia tanto precisa para conseguir crescer. (…)


Discurso de Abertura do XIV Venture Capital IT, por Francisco Banha – ficheiro .pdf (0,20MB)


Francisco Banha

CEO
Gesventure, S.A.